SALTA COM CRIANÇA: COMO IR E O QUE FAZER

Salta (La Linda) foi um dos nossos destinos do primeiro mochilão que fizemos com o Cauê. Ele tinha 11 meses quando pegamos um vôo e percorremos durante o mês de janeiro as cidades de Córdoba, Mendoza, La Rioja, Salta e a região da Quebrada do Humauaca.

COMO IR

Se você pensa em curtir apenas essa região, a cidade de Salta tem o Aeropuerto Internacional Martín Miguel de Guimes fica à cerca de 10km do centro. Os vôos não são diretos, mas é possível chegar fazendo conexão em Buenos Aires.

Veja esse site de pesquisa de passagens aéreas.

Como Salta era apenas um de nossos destinos, e tínhamos tempo, fizemos todos os trajetos de Córdoba até Salta de ônibus, priorizando as viagens noturnas. Assim podíamos economizar com passagens e hospedagens.

Desde a rodoviária é possível pegar ônibus e táxis até o seu destino. Nós priorizamos ir de táxi, que não é carro e é bem mais confortável por conta das malas.

Cauê foi dormindo com o balanço do ônibus. Eu nem tanto.

 O QUE FAZER

Passamos cerca de 5 dias na cidade, nos hospedamos Yatasto Hostal, próximo ao centro, com bom preço e com um ótimo atendimento. Cauê fez amizade com todas as funcionárias de lá, ela eram tão fofas, que paravam o que estavam fazendo para pegá-lo no colo e dar um beijo nele.

De lá fazíamos muita coisa a pé, e o que fazíamos de táxi ficava num preço justo.

PRAÇA 9 DE JULHO

Local central e turístico com restaurantes e lojas.

Aos finais de semana costuma encher de gente, com muitos vendedores ambulantes e pedintes. Alguns restaurantes colocam mesas para fora, e se você é do tipo que se incomoda com pessoas vindo à sua mesa com frequência, vale ficar do lado de dentro.

A praça fica em frente aos Arcos do Cabildo; é grande e tem um ar bem familiar. Lá tem muitas pombas e as pessoas levam pão de casa para dar às elas.  Para os despreparados, há quem venda saquinhos de milho pra entrarem na brincadeira.

MUSEO DE ARQUEOLOGIA ALTA MONTAÑA (MAAM)

Esse museu não tem nenhuma interação para as crianças, mas é muito interessante e vale super à pena conhecer.

Lá tem as múmias de crianças mais bizarramente perfeitas que eu já vi até hoje. Parecem que estão dormindo e à qualquer momento podem acordar. São elas “Los niños de Llullaillaco”, 3 crianças incas que morreram no alto da montanha Llullaillaco, à cerca de 6.739 metros de altitude, e foram descobertos em 1999.

Mas se você acha que isso pode assustar seu filho, relaxa que ele não é obrigado a ver nada. Elas ficam num local escuro, onde é necessário ascender uma luz para poder enxergá-las. Ou seja, ele pode tranquilamente passar pelo museu ser ver uma múmia de verdade.

O Museo de Arqueologia Alta Montaña fica em frente à Praça 9 de Julho, tem visita guiada de terça à domingo, e fica aberto das 10:00 às 18:30

Confira o site oficial deles: http://www.maam.gob.ar/

 

ÔNIBUS TURÍSTICO

O ônibus é pequeno e aberto e parte de frente ao Cabildo, à partir das 9:30 da manhã.

O passeio dura 2h e costuma ir bastante família com criança, quando fomos haviam 6 contanto com o Cauê.

O roteiro passa pelos seguintes pontos: Plaza Belgrano, Palacio Legislativo, Portezuelo, Paseo de Los Poetas, Estación Balcarce, Convento, Parque San Martín e Teleférico, Mercado Artesanal, Batalla de Salta, Monumento a Güemes, La Viña e Cabildo.

 

TELEFÉRICO

O teleférico é a opção mais bacana para subir até o mirante mais alto de Salta, localizado no Cerro San Bernardo. Lá em cima tem um espaço grande com lojas, lanchonetes e jardins e até um parquinho ao ar livre pras crianças.

Mais informações você encontra aqui: https://www.saltaticket.gob.ar/es/landing.html?id=6

Também é possível subir até o mirante a pé ou de carro. Mas vamos combinar que a opção do teleférico é a mais divertida!

MERCADO ARTESANAL

Esse mercado fica longe do centro, e tem lojas com valores não tanto acessíveis. Vale à pena conhecer por ser bem organizado e ter uns trabalhos diferentes que são difíceis de encontrar nas lojas de rua. Entretanto vale fica atento com as mãoszinhas nervosas dos pequenos, porque qualquer dano pode sair caro.

 

PARQUE SAN MARTÍN

Próximo ao teleférico, o parque tem um lago com pedalinhos e, aos domingos acontece a maior feira de artesanato de Salta, com barracas oferecendo comidas típicas e muito produto andino.

 

TREN A LAS NUBES

O trem parte de Salta às 7h e vai até Santo Antônio de Los Cobres, chegando às 20h.

É o terceiro trem mais alto do mundo, chegando à 4.220m sobre o nível do mar.

Ele sobe toda a região de Puna por entre as montanhas desérticas, e como seu trajeto de ida e volta dura 13 horas, optamos por não ir com o Cauê.

 

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *